Revista 68 / Agosto 2003

Revista 68 / Agosto 2003

A CARTILHA QUE VALE É A ORIGINAL

Avalie este item
(0 votos)

Não há nenhuma alteração do SISBOV (Sistema Brasileiro de Identificação e Certificação de Origem Bovina e Bubalina) desde que ele foi criado, no início de 2002, e o processo de rastreabilidade e certificaçãopermanece realizado como está definindo pela legislação (Instrução Normativa 01 de 10/01/2002), ou seja, com identificação individual e visual, base de

AGROINDÚSTRIA COMEÇA A DITAR AS REGRAS

Avalie este item
(0 votos)

A rigor, isso já vem ocorrendo, desde 1995, com as operações de securitização das dívidas, além do início do processo de associações, fusões e aquisições posto em prática por empresa consideradas líderes dos vários segmentos que integram o setor. Porém, aos poucos, essa transformação está deslocando para a agroindústria o poder de decisão, até então, uma

A HORA DO CONTROLE TOTAL

Avalie este item
(0 votos)

As empresas que atuam no segmento agrícola investem pesado no desenvolvimento de novas ferramentas de auxilio ao produtor, podendo assim potencializar os resultados oriundos do processo de produção, melhorando a margem de lucro para o produtor rural. Todo esse avanço tecnológico depende de um controle rigoroso por parte dos pecuaristas, que por sua

AVE GANHA MERCADO E NOVOS ADEPTOS

Avalie este item
(0 votos)

Segundo Marcelo Kornfeld responsável pelo departamento técnico da Associação dos criadores de Avestruzes do Brasil (ACAB), hoje já são mais de 1500 criadouros espalhados por praticamente todos os estados do país, e a população de animais já ultrapassa as 150 mil aves registradas.

Conforme estudo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea/USP) indica que o Produto interno Bruto(PIB) do complexo do agronegócio brasileiro registrou crescimento acumulados de 5,3% até maio. Em igual período de 2002, o crescimento acumulado foi de

Diante de maior safra agrícola de 110 milhões de toneladas e com perspectivas de crescimentos sucessivos a uma razão de 10 milhões de toneladas adicionais a cada ano, o Brasil enfrenta, agora, o desafio de uma adequada armazenagem e distribuição dos grãos produzidos para evitar perdas e garantir qualidade ao produto final, inclusive com criação de

CAÇA AOS PIRATAS!

Avalie este item
(0 votos)

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos Para Defesa Agrícola (Sindag) e a associação Nacional dos Distribuidores de Defensivos Agrícolas (Andav)estão retomando uma campanha contra a pirataria de agrotóxicos cuja primeira fase,encerrada no início deste ano, produziu efeitos "excepcionais", segundo as entidades. Agora, ambas voltam a abordar na mídia os

O objetivo da Universidade é tornar viável a especialização de profissionais e interressados na Estrutiocultura criação de avestruz, atividade que cresce cerca de 30 a 40% ao ano pelo 7º período consecutivo. Iniciativa inédita no Brasil, a aula inaugural ocorrerá no dia 23 de agosto, as 16:00 horas, nas instalações da FAAL que fica no Shopping Limeira, no Km 150

Esse resultado pode ser atribuído ao uso intensivo de tecnologia no campo, Substituição de atividade/ cultura, bem como ao melhor aproveitamento das novas áreas, Com o apoio instituição de pesquisa que, muitas vezes, trabalham em parceria para obter resultados mais expressivo. Uma parceria desse tipo reuniu o Centro Nacional de Pesquisas de Solos da Embrapa

A região Sul, principal produtora de grãos do país, responde por 46,59% da produção nacional ( 55,779 milhões de toneladas) e apresenta, comparativamente á safra anterior, crescimento de 29,72%. Na segunda região em produção, o Centro-Oeste, responsável por 30,59% (36.626.519 toneladas), o aumento previsto é de 16,85%. As demais regiões,

UNIR ESFORÇOS É SAÍDA PARA O PEQUENO

Avalie este item
(0 votos)

A Coooperativa dos criadores de Avestruzes do Estado de São Paulo (CCAESP), é uma entidade que foi criada com o objetivo de fomentar o crescimento da raça no mercado brasileiro, diz o presidente da entidade, Marcos Antônio Perucci Ortega. A idéia de criar a cooperativa de produtos surgiu durante o congresso mundial de estrutiocultura de 2001, realizado