Revista 75 / Abril 2004

Revista 75 / Abril 2004

Nas condições climáticas de Roraima, no período mais seco do ano, especialmente de janeiro a março, a vegetação está seca ou deposita sobre o solo grande massa de folhas e de galhos secos que ao primeiro fósforo iniciam uma grande queimada. Não há vegetação que resista ao fogo neste período, nem mesmo, a mata. 

É PRECISO INVESTIR MAIS NO ALGODÃO

Avalie este item
(0 votos)

No estado de Roraima, encontram-se grandes áreas de vegetação de cerrado, com topografia levemente ondulada, alta intensidade luminosa, clima apresentando estação seca na colheita, os cultivos de espécies anuais estão em ascensão com necessidade de alternativas para rotação, mercados potenciais nos países vizinhos e no estado do Amazonas, que

CAFÉ ORGÂNICO GANHA MERCADO ALEMÃO

Avalie este item
(0 votos)

Há dez anos na cafeicultura orgânica, o fazendeiro Ivan Caixeta não tem do que reclamar. Ao contrário. Com o tempo e os resultados positivos alcançados no café, ele e familiares foram transformando as lavouras existentes em sete fazendas, na região de Machado e de Paraguaçu, no sul de Minas Gerais, em orgânicas. 

DEFENSIVOS - PROTEÇÃO NA DOSE CERTA!

Avalie este item
(0 votos)

Quando se está na fase de plantio e isto serve para qualquer cultura o cuidado principal é o preparo da semente com fungicida e inseticida para que elas não venham a sofrer ataques enquanto estão no processo de emergência que em geral leva uns 15 dias. Geralmente as empresas produtoras já comercializam as sementes com estes produtos. Mas em caso

O DESAFIO DO LEITE PARA 2004

Avalie este item
(0 votos)

Este mercado informal representa produtos colocados no mercado sem tratamento térmico como também daqueles que são informais por sonegação fiscal. Além disso, estas mesmas condições proporcionam a sonegação de impostos, com visível perda de arrecadação de recursos nas diversas esferas administrativas governamentais, como também causam desequilíbrio

Segundo dados da Embrapa Gado de Corte de Campo Grande, MS, atualmente mais de 225 milhões ha, estão ocupados com algum tipo de pastagem, sendo que destes 105 milhões ha com pastagens cultivadas. Essas "lavouras" quando bem manejadas, servem de alimento para o gado nos meses de estiagem e/ou geadas. 

Atualmente, é inegável a importância do plantio direto como sistema de produção para a agricultura brasileira. A cada ano ocorre um considerável aumento em áreas e também ampliação do uso desta técnica para outras culturas como essências florestais, olerícolas e frutas. 

Nos últimos 10 anos, a agricultura brasileira vem sofrendo uma série de transformações tecnológicas, que a fizeram ocupar uma posição de destaque junto as grandes potências agrícolas mundiais. E todo esse avanço veio acompanhado de mudanças visíveis na configuração das máquinas e implementos agrícolas que passaram a operar com muito mais agilidade e

Uma situação atípica fez a precipitação em algumas localidades, principalmente nas regiões norte e nordeste do país, se manter inalterada. Esse fato até que poderia passar como sem importância, mas quando trazido para o contexto da atividade pecuária e, principalmente se focarmos o campo do controle sanitário dos rebanhos é preciso olhar com muito mais atenção. 

Os sucessivos aumentos da produção brasileira de grãos, sobretudo da soja, registrados nos últimos anos, colocaram o Brasil numa posição de destaque dentro do cenário internacional dos grandes produtores da oleoginosa. Os números da última safra 2002/03, mostram bem essa evolução. As principais praças do país, registraram aumento na sua produtividade por área. Isso

É uma perda de 6,1 milhões de toneladas e de R$ 4,071 bilhões aos produtores. Esses dados foram apresentados ontem pelo presidente da Comissão de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Macel Caixeta, ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. Caixeta argumentou ao ministro que a frustração na produção de soja comprova a

SOLO - TEM VIDA SIM!

Avalie este item
(1 Votar)

Por sua vez, estima-se que o número de artrópodes presentes na serapilheira (camada de folhas em diferentes estágios de decomposição depositada sobre o solo) e no solo nas florestas tropicais seja 5 vezes maior do que o encontrado nas copas das árvores. Assim, alguns autores chegam a supor que o sub-sistema decompositor (serapilheira + solo) seja um dos maiores

No ano passado, uma das variedades criadas pela equipe de pesquisa em que ele trabalha, a BRS 207, bateu o recorde nacional de produtividade. Foi em São Gotardo - MG, onde uma lavoura produziu 7,48 toneladas por hectare. "Eu sempre soube que o trigo era uma ótima opção para o Cerrado", explica Vilela, que trabalha com desenvolvimento de variedades de