Revista 153 / Novembro 2010

Revista 153 / Novembro 2010

Cana - A vez da qualificação

Avalie este item
(0 votos)

As usinas estão apostando na requalificação dos funcionários para essas novas necessidades e as fabricantes de máquinas agrícolas também oferecem treinamentos.

Citrus - O gene da cura

Avalie este item
(0 votos)

Das lavouras permanentes no País, a de citros - a qual inclui as laranjas, limões e tangerinas - é a que mais vem causando dores de cabeça ao produtor para se manter atualmente. Diferentes doenças e pragas de difícil controle são a explicação para isso. Nesse sentido, a identificação de métodos economicamente viáveis e com resultados satisfatórios tem sido o desafio para as equipes de pesquisadores nessa área.

Dedo de Prosa

Avalie este item
(0 votos)

Cesário Ramalho

Genética - De olho no sabor

Avalie este item
(0 votos)

O que é preciso para se produzir um rebanho para, no final da cadeia, ter uma carne macia e saborosa, que agrade o paladar do consumidor mais exigente? O que há de novo quando o assunto são os avanços dos programas de melhoramento genético?

Horta - Tem vida na horta

Avalie este item
(0 votos)

Distribuído em 12 Estados, o Sistema Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS) chega à região sul do Brasil disseminando o conceito orgânico entre os pequenos produtores. A introdução dessa tecnologia social trouxe uma nova realidade aos agricultores do Paraná, que, agora, estão prestes a lançar um projeto próprio, o Vida na Horta.

Milho - Bons ventos passam pelo milharal

Avalie este item
(0 votos)

Se no ano de 2009, o setor de grãos resultou em um cenário positivo (com uma safra de 2008/09 - sendo a segunda maior da história brasileira - com 134,99 milhões de toneladas (t), ficando atrás apenas do ciclo 2007/08), este ano o roteiro promete seguir a mesma tendência, a começar pelo milho. E com um fator pra lá de positivo. Um dos bons indicativos é o preço do cereal. O produtor mato-grossense é quem diz. No início do ano, ele não imaginava a arrancada de preços que o milho daria no mercado.

O antigo ditado que diz: "Os olhos do dono é que engorda o gado", é o lema seguido pelo empresário Arthur da Silva Leme Neto, que há 30 anos ingressou no segmento pecuário. Hoje, seu plantel com 3.315 cabeças está distribuído em cinco fazendas, todas localizadas no Estado do Paraná - sendo três de cria e outras duas de recria e engorda de machos efêmeas. Uma delas, a Fazenda Samambaia, que fica no município de Pitanga, (a 345 quilômetros da capital Curitiba), é destinada para a cria do gado. A unidade é a "fábrica de fazer bois" e é onde tudo começa.

A marca sempre foi um componente importante, mas seu peso talvez nunca tenha sido tão valorizado. Especialistas apontam a importância de frisar que pesquisas de marketing constatam que as marcas que estão em primeiro na cabeça do consumidor também são as primeiras colocadas no índice de preferência de compra. E ao contrário do Top of Mind – no qual o que vale é a força dos nomes de marcas e produtos junto ao público – o Top List Rural tem por mérito reconhecer as marcas e produtores que tiveram a preferência dos leitores da Revista Rural.