Revista 36 / Dezembro 2000

Revista 36 / Dezembro 2000

Instalações: vale quanto pesa

Avalie este item
(0 votos)

A máxima torna-se, cada dia, o objetivo de produtores rurais interessados em transformar fazendas em propriedades produtivas. Hoje, não há lugar para calcular o peso do boi apenas com o olhar. Nesse universo, as balanças eletrônicas mostram que tecnologia bem administrada é sinônimo de lucro. 

Lavoura: algodão em estado de graça!

Avalie este item
(0 votos)

A política de leilões de PEP do governo associada a preços internacionais favoráveis renderam bons resultados para a cadeia agroindustrial do algodão. Análise de pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada)/Esalq/USP indicam que a modernização da cotonicultura, bem como de toda cadeia têxtil, em paralelo a um mercado internacional com bons preços da fibra criou um cenário propício para que a intervenção governamental fosse bem-sucedida, principalmente nos últimos meses.

O setor de produção açucareira do Brasil vive um impasse, no qual a dúvida maior consiste em continuar fornecendo ao mercado externo e, em conseqüência, perdendo receita, ou ampliar a oferta ao consumo interno, mantendo o faturamento num patamar que possibilite uma renda mais adequada ás grandes exigências empresariais da atividade. 

Com a disponibilidade de máquinas apropriadas para executar o corte, o processamento e o recolhimento de gramíneas forrageiras com menores teores de umidade, cria perspectivas favoráveis para a produção de silagem “pré-secada”. O aproveitamento do elevado potencial de produção do pasto, sob manejo intensivo, pode resultar na obtenção de silagem de qualidade satisfatória a menores custos. 

Técnicos e produtores compartilham experiências para aprovar o Fator Premium, produto capaz de combater carrapatos e mosca-do-chifre entre outras pragas que afetam o rebanho. 

O Dia de Campo da Meira Fernandes apresentou o resultado do abate técnico de novilhos superprecoces ½ sangue Pardo-Suíco de corte (Braunvieh Original) com nelore. Os animais apresentaram precocidade sexual, alta conversão alimentar e excelente acabamento. 

Desde 1995, a Associação Brasileiras dos criadores de Marchigiana e os criadores brasileiros investem na reorientação da seleção. Hoje, consideram-se vitoriosos, pois os criatórios nacionais de animais PO e o cruzamento industrial podem planejar a formação de um novo animal.