Revista 124 / Junho 2008

Revista 124 / Junho 2008

Vinho - sucesso garantido com união!

Avalie este item
(0 votos)

Vitivinicultores familiares se unem para fundar uma cooperativa. Com isto, eles pretendem aumentar a renda, a qualidade dos vinhos e sair de vez da informalidade. As histórias das famílias Boschini, Galvão, Maziero e Tosin se misturam a de centenas de imigrantes italianos que se estabeleceram no Brasil no início do século 19.

Defensivos - aplique bem e saia ganhando!

Avalie este item
(0 votos)

Doenças e pragas podem causar grandes prejuízos na lavoura e, com certeza, tiram o sono de muito agricultor. A única forma de combatê-las é com aplicação de defensivos. Mas o produtor sabe que esse trabalho não é simples, requer conhecimento técnico dos pulverizadores e também no manuseio dos produtos.

Tratores - velocidade no campo

Avalie este item
(0 votos)

Sucesso em Maripá o arrancadão foi a Piracicaba queimar pneu e levantar a arquibancada.Imagine aquele trator que você usa na sua propriedade correndo a mais de 130km/h no asfalto. Além da velocidade, a máquina pode fazer manobras inacreditáveis para três toneladas de ferro. O Arrancadão de Tratores chegou a São Paulo atraindo bom público e satisfazendo a expectativa.

Biodiesel - energia advinda da cana

Avalie este item
(0 votos)

A produção de um biocombustível à base da cana-de-açúcar promete uma redução de 80% na emissão de poluentes. A empresa norte-americana Amyris desenvolveu uma tecnologia para produzir biodiesel a partir da cana-de-açúcar.

O sistema da fertirrigação é a oportunidade que muitos produtores encontraram para resolver os problemas das constantes mudanças climáticas, diminuir os custos de produção, assim como os impactos ambientais e até dobrar a produtividade do canavial. A Usina Seresta, uma das 27 instaladas no Estado de Alagoas, produz 70 toneladas de cana-de-açúcar por hectares.

Erosão - é importante preservar o solo

Avalie este item
(0 votos)

O SPD é um sistema de manejo muito eficiente no controle da erosão. A palha sobre a superfície protege o solo contra o impacto das gotas de chuva, reduzindo a desagregação e o selamento da superfície, garantindo maior infiltração de água e menor arraste de terra. As perdas de nutrientes, proporcionais às perdas de terra e água, são também menores no SPD.

Gestão - entre o lucro e o prejuízo!

Avalie este item
(0 votos)

Em 1997, a arroba do boi gordo, com pagamento à vista, estava em torno de R$ 25 a R$ 27. Com o passar dos anos o preço foi subindo. Em 2001, chegou a R$ 46, com algumas oscilações de preço. Em 2005, foi o ano da crise – a arroba chegou até a R$ 60,66 (janeiro), depois foi só despencando.

Junco - um negócio de fibra!

Avalie este item
(0 votos)

Plantações do junco em pequenas propriedades do Vale do Ribeira garantem uma tradição milenar, trazida pelos imigrantes japoneses, e a geração de empregos no artesanato. Em 1933, chegava no Brasil a primeira mudinha de junco escondida na bagagem do Sr. Shigeru Yoshimura.

Máquinas - força no mercado

Avalie este item
(0 votos)

Empresa investe em linhas de produtos de força e chega no mercado com novas tecnologias para os consumidores. O bom momento da agricultura brasileira vem trazendo novos investimentos ao setor. Exemplo disso é a Honda, empresa que possui três pilares de atuação, motocicletas, carros e produtos de força e que em 2007 passou a investir pesado neste último ramo.

A Basf, empresa química, está ampliando o projeto de reposição de mata ciliar que visa preservar a água e adequar as propriedades rurais à lei florestal. O Programa, denominado Mata Viva, pretende dar apoio técnico aos produtores para que juntos recuperem as matas ciliares das propriedades.

Técnica de plantio direto garante não apenas economia e facilidade do manejo da lavoura. Ela é também uma das práticas no campo que menos agridem o meio ambiente.