Revista 146 / Abril 2010

Revista 146 / Abril 2010

Dedo de Prosa

Avalie este item
(0 votos)

A indústria de máquinas e equipamentos estima uma alta de 15% no faturamento deste ano. Esse crescimento, no entanto, não será o bastante para recuperar as perdas acumuladas em 2009, quando o setor teve um faturamento de R$ 64 bilhões – o que representa uma queda 17,9% em relação a 2008.

Trigo - Produtividade no Cerrado

Avalie este item
(1 Votar)

Se para o setor político Brasília não serve de referência alguma no quesito produtividade, não se pode dizer o mesmo sobre a triticultura desenvolvida por lá. O cultivo do cereal responsável pelo ‘pão nosso de cada dia’ se encaixou muito bem às condições de clima, solo e altitude da região – e aliado à tecnologia de irrigação e à produção de cultivares adaptadas. 

Aftosa - Todo Cuidado Ainda é Pouco

Avalie este item
(0 votos)

Estados buscam se tornar zonas livres da febre aftosa sem vacinação, mas muitos cuidados devem ser tomados para não trazer novos prejuízos com possíveis surtos.

Atrelado aos manejos nutricionais e reprodutivos da criação, o manejo sanitário torna-se uma ferramenta essencial à condução de uma pecuária satisfatória tanto quando o assunto é a produção de carne como leite. Nesse aspecto, as vacinações – sejam as obrigatórias como as de controle e prevenção de doenças – se destacam na área da sanidade animal.

No princípio era a garapa, o açúcar e a cachaça. Depois veio o álcool, e daí por diante outras soluções a mais para o reaproveitamento do bagaço da cana para a produção de energia, como em termelétricas, e ainda com a produção de álcool a partir de todo esse bagaço e da planta como um todo.

Arroz - Tirando Lucro no Vermelho

Avalie este item
(0 votos)

Considerado tradição, patrimônio alimentar e genético, o arroz vermelho cultivado nos sertões dos semiáridos ganha outros mercados. Por meio de pesquisa de melhoramento genético, ele chegará até na Europa.

Tropa de Choque Contra o Greening

Avalie este item
(0 votos)

Em cinco anos, a doença que estava presente em 3,4% dos talhões, inicialmente, passou para 24% em 2009”, contabiliza o presidente do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), Lourival Carmo Mônaco. “Essa evolução mostra a dificuldade de eficiente manejo da doença, apesar da disponibilidade de legislação e conhecimento aceitos internacionalmente”, declara.

Ufa! Enfim nos Livramos do Funrural

Avalie este item
(0 votos)

Finalmente houve o julgamento do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), tendo a cobrança dele ter sido declarada como impossível. Nem vamos falar em leis, artigos e etc, porque isto foi o que fez o Brasil sair vitorioso com nosso ganho no Supremo Tribunal Federal.