Revista 172 / Junho 2012

Revista 172 / Junho 2012

A organização de cotonicultores e pesquisadores de Mato Grosso do Sul busca o desenvolvimento de uma lavoura que renda o algodão desejável pela indústria. A tecnologia eles já têm, só resta agora o clima ajudar.

CAFÉ - Sustentabilidade

Avalie este item
(0 votos)

Embrapa valida estudos de manejo sustentável para a cultura cafeeira na região do Cerrado. O cultivo da braquiária nas entrelinhas do café, o estresse hídrico controlado e a aplicação de doses mais elevadas de fósforo algumas das opções.

Dedo de Prosa

Avalie este item
(0 votos)

A espera de novos mercados.

Genética a toda prova

Avalie este item
(0 votos)

Douro da Maripá é o exemplo do avanço da seleção genética. Com um pouco mais de um ano, já é um potencial reprodutor. A pecuária de seleção no País inaugura ferramentas que passam a dar mais controle e confiabilidade no processo de seleção genética.

Sistema ajuda os produtores de maneira sustentável, sem agredir o meio ambiente e se torna um meio muito lucrativo.

Transformação logística

Avalie este item
(0 votos)

Mato Grosso prepara-se para um salto que pode dinamizar o escoamento da safra no Estado, isso porque está a todo vapor uma série de obras de infraestrutura que abrirão caminho para a carga de grãos para os portos no Pará e Maranhão.

A solução é o proteinado

Avalie este item
(0 votos)

A suplementação proteica aparece como grande aliada do produtor rural para o tempo da seca, período prejudicial aos rebanhos, pois é quando ocorre queda na qualidade das pastagens brasileiras.

Geração de supermilhos

Avalie este item
(0 votos)

Cultivares mais produtivas, resistentes ao ataque de insetos, tolerantes a herbicidas e ricas em nutrientes. Essas são as características dos novos milhos que já estão dispostos para a produção no campo.

Futuro bem sustentável

Avalie este item
(0 votos)

Em 2022, o Brasil contará uma produção de grãos 208,6 milhões de toneladas, a Região Nordeste crescerá 95,4% na safra de soja e as reservas brasileiras estarão muito bem preservadas – o estudo apresenta um País que caminha por uma trilha sustentável, mas que ainda precisa resolver os tradicionais problemas de infraestrutura e mão de obra.