Revista 170 / Abril 2012

Revista 170 / Abril 2012

Aluguel de Máquinas

Avalie este item
(0 votos)

A novidade parece surtir efeito no País e possui a vantagem de liberação de investimentos para outros segmentos da atividade agrícola.

Amarok automática

Avalie este item
(0 votos)

Inovações apresentadas pela Volkswagen na sua picape, deixaram a Amarok, além de “forte”, mais “inteligente” e fácil de dirigir.

No último dia 26 de março, o empresário Jorge Matsuda em evento solene realizado em São Paulo, foi empossado como presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais (Asbram). A solenidade ocorreu no auditório da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - Fiesp.

Dedo de Prosa

Avalie este item
(0 votos)

Banco do Brasil mantém cofres abertos para o agronegócio. Em entrevista à repórter Fátima Costa, o vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Osmar Dias, afirma que em 2012, a instituição continuará mantendo a sua participação historicamente observada no volume total dos financiamentos concedidos por meio do Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR) e reforçará o estímulo à adoção de práticas modernas e sustentáveis de produção no campo.

Foi realizada no dia 02 de abril, no Restaurante Villa Fiore localizado na Rua Abílio Soares, São Paulo-SP uma coletiva de imprensa para anunciar a edição deste ano da EuroTier, principal feira internacional especializada em suínos, aves e gado de leite.

Foi a partir da obtenção de um diesel com menos partículas de enxofre (S) – o S50, o qual possui 50 partes por milhão (ppm) do elemento – que foi possível a mudança das motorizações de caminhões e ônibus. O Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve P7) já está em vigor desde janeiro deste ano e se baseia na normativa estabelecida na Europa, o Euro 5. Pela regulamentação anterior, o Proconve P5, era estabelecida uma emissão máxima de 0,10 gramas por quilowatt-hora (g/kWh) de material particulado e de 5,0 g/kWh de óxido de nitrogênio (NOx).

No dia 22 de março, lá por volta das 11 horas da manhã, Paulo Roberto Guerra Carvalho, engenheiro agrônomo e proprietário da Fazenda Santa Helena, em Cafeara (PR), observava atentamente pelo microcomputador portátil a página da Internet do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A atenção estava voltada a uma grande formação de chuva que indicava para aquele dia e que se aproximava da região. Vinda do Paraguai, a nuvem se ia se estendendo para todo o Estado do Paraná. “Tomara que ela chegue por aqui, pois estamos precisando”, desabafou o pecuarista.

Lentamente, a paisagem que se vê pelos campos brasileiros, de agora em diante, é o crescimento da safrinha. Os grãos de soja já foram colhidos. Em algumas regiões, sai a soja, entra o milho, o trigo e o algodão. Daqui a dois meses, em todo o território nacional, começa também o vazio sanitário de uma das maiores culturas brasileiras. Na temporada passada, o Brasil, segundo produtor global da oleaginosa, colheu um recorde de 75,3 milhões de toneladas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou no último dia 10 de abril, o sétimo levantamento de prognóstico da safra de grãos 2011/2012. O levantamento é feito e divulgado mensalmente pela instituição.

Saveiro Trooper CE 1.6

Avalie este item
(0 votos)

Versão intermediária da picape figura como uma boa opção para veterinários, agrônomos e funcionários de fazenda. 

Do pão francês ao caseiro, passando pelo bolo e biscoitos, o macarrão e até alguns tipos de cerveja, todos, obtidos a partir do trigo (Triticum aestivum). Uma commodity agrícola tão essencial à alimentação jamais poderia perder espaço na produção nacional – sendo o Brasil o celeiro do mundo, não poderia deixar de lado esse importante produto da cesta alimentar. De fato, é justamente isso tem ocorrido de uns tempos pra cá.