Revista 65 / Maio 2003

Revista 65 / Maio 2003

"Estamos procurando amenizar os impactos causados pêlos altos custos no processo de produção de carne no Brasil e para isso a ABCCAN vai atuar com duas diretrizes muito importantes para conformação de uma raça adaptada as condições brasileiras. A primeira é estimular a consciência dos criadores de Canchim para a importância da produtividade. Buscando

Segundo José Frederico Modolin vice-presidente administrativo da Associação Brasileira de Criadores de Canchim (ABCCAN) e proprietário da Fazenda Paraíso, quem determina os caminhos de seleção para a evolução da raça é um conselho deliberativo da associação, que interage no sentido de estabelecer regras e padrões para o Canchim moderno.

CANCHIM 2 - TALHADA PARA SER PRODUTIVA!

Avalie este item
(0 votos)

Os animais (5 touros e 20 fêmeas) foram apresentados durante a 1° Exposição Comemorativa, realizada no Rio de Janeiro, sede do governo na ocasião. Porém, segundo o engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Pecuária Sudeste Pedro Franklim Barbosa, essa não foi a primeira vez que a raça francesa tocou em solo brasileiro. "Existem históricos de animais

CANCHIM 3 - TIRAR O MELHOR DA CRIAÇÃO

Avalie este item
(0 votos)

O pecuarista é criador de Canchim desde 1996, quando adquiriu uma propriedade com um lote de reses da raça, em Itapetininga/SP. Na ocasião, aproveitou os touros existentes em cima de uma vacada anelorada e foi surpreendido pela qualidade da F1.

NUTRIÇÃO - PROTEÍNA ANIMAL PARA O GADO

Avalie este item
(0 votos)

Considerando que a previsão de produção anual de carnes está em torno de 17 milhões de toneladas (bovina: 7,4t; aves: 7,5t; e, suína: 2,3t) e assumindo cerca de 40% de perdas no abate, como resíduos não comestíveis e 60% de água nos resíduos, chega-se à, aproximadamente, o valor de 3 milhões de toneladas em produtos não comestíveis e/ou recicláveis

Essa carga fica evidente quanto o secretário nacional de Política Agrícola, Ivan Wedekin, diz que o superávit da balança comercial do agronegócio, estimado em US$ 30 bilhões, para daqui a sete anos, "pode ocorrer já no Governo Lula". Numa analogia, até grosseira, a afirmação remete para a pergunta feita por Garrincha ao técnico da seleção brasileira de futebol,